terça-feira, 29 de setembro de 2009

Das vantagens de ser bobo...


O bobo, por não se ocupar com ambições, tem tempo para ver, ouvir e tocar o mundo. O bobo é capaz de ficar sentado quase sem se mexer por duas horas. Se perguntado por que não faz alguma coisa, responde: "Estou fazendo. Estou pensando." Ser bobo às vezes oferece um mundo de saída porque os espertos só se lembram de sair por meio da esperteza, e o bobo tem originalidade, espontaneamente lhe vem a idéia. O bobo tem oportunidade de ver coisas que os espertos não vêem. Os espertos estão sempre tão atentos às espertezas alheias que se descontraem diante dos bobos, e estes os vêem como simples pessoas humanas. O bobo ganha utilidade e sabedoria para viver. O bobo nunca parece ter tido vez. No entanto, muitas vezes, o bobo é um Dostoievski. Há desvantagem, obviamente. Uma boba, por exemplo, confiou na palavra de um desconhecido para a compra de um ar refrigerado de segunda mão: ele disse que o aparelho era novo, praticamente sem uso porque se mudara para a Gávea onde é fresco. Vai a boba e compra o aparelho sem vê-lo sequer. Resultado: não funciona. Chamado um técnico, a opinião deste era de que o aparelho estava tão estragado que o conserto seria caríssimo: mais valia comprar outro. Mas, em contrapartida, a vantagem de ser bobo é ter boa-fé, não desconfiar, e portanto estar tranqüilo. Enquanto o esperto não dorme à noite com medo de ser ludibriado. O esperto vence com úlcera no estômago. O bobo não percebe que venceu. Aviso: não confundir bobos com burros. Desvantagem: pode receber uma punhalada de quem menos espera. É uma das tristezas que o bobo não prevê. César terminou dizendo a célebre frase: "Até tu, Brutus?" Bobo não reclama. Em compensação, como exclama! Os bobos, com todas as suas palhaçadas, devem estar todos no céu. Se Cristo tivesse sido esperto não teria morrido na cruz. O bobo é sempre tão simpático que há espertos que se fazem passar por bobos. Ser bobo é uma criatividade e, como toda criação, é difícil. Por isso é que os espertos não conseguem passar por bobos. Os espertos ganham dos outros. Em compensação os bobos ganham a vida. Bem-aventurados os bobos porque sabem sem que ninguém desconfie. Aliás não se importam que saibam que eles sabem. Há lugares que facilitam mais as pessoas serem bobas (não confundir bobo com burro, com tolo, com fútil). Minas Gerais, por exemplo, facilita ser bobo. Ah, quantos perdem por não nascer em Minas! Bobo é Chagall, que põe vaca no espaço, voando por cima das casas. É quase impossível evitar excesso de amor que o bobo provoca. É que só o bobo é capaz de excesso de amor. E só o amor faz o bobo.


(Clarice Lispector)

domingo, 27 de setembro de 2009

Momento Clarice e Eu...




"Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida. Cada mudança, cada projeto novo causa espanto:meu coração está espantado. É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue"




(Um sopro de vida)
Clarice Lispector


Flores do meu core, obrigada pelos presentinhos lindos. Prometo postar e repassar essa semana.
Uma semana linda e abençoada para nós!


BjO*

sábado, 26 de setembro de 2009

Momento Clarice e Eu...


Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença. Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida.

Clarice Lispector

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Selinhos...E tome selinhos...\O/

Espero não esquecer nenhum presentinho...já que acumulei um bocado
Obrigada flores do meu jardim mais lindo...

Aproveitando a carona, ganhei mais um da minha flor do coração Luninha...amei amiga e retribuo pra vc novamente e pra Fran florsinha também...



Esses ganhei da minha flor do coração: Luninha e da Déia, queridíssima do Depois do Divã...





Devo citar 5 coisas que gosto de fazer.

Então, aí vai:

*Ficar em casa sem fazer nada
*Estar com minha família, amigos...
*Ler
*Escrever
*Ficar com o meu amor (pessoalmente, pela net ou por cel, rsrs)

Esse outro selinho ganhei novamente da florsinha Luna, da queridíssima Giovane e da florsinha Fran


Devo responder a pergunta : "O que um blog precisa para ter cultura?"

Bem, para mim, para um blog ter cultura não precisa somente de posts com assuntos relacionados a política, atualidade, etc...a partilha em sim, que cada um expõe (uns com desabafos, outros com textos de sua autoria torna-se cultura porque acabamos conhecendo um pouco do outro e de suas artes.)
Obrigada flores, adorei receber este selinho.

Mais um da minha florsinha e comanheira de selinhos, rsrs Luna

Regrinhas:
) Postar o selinho
2) Dizer quem te indicou - Luna
3) Escrever 3 conflitos que te levariam ao Divã
4) Encaminhar para 5 amigos

3 conflitos que me levariam ao Divã:

*Se meu ciúme pelas pessoas que eu amo começar a atrapalhar meu relacionamento com as mesmas (isso já me aconteceu antes e eu não quero isso novamente para mim)

*O medo. Tenho medo de tudo. Literalmente. Já cheguei a ter algumas consultas com psicólogo. Hoje tenho menos, mas o medo continua e isso me impede de alçar vôos mais altos.

*Sofro muito quando as pessoas tem um mal pensamento da minha pessoa. Não vejo maldade nas pessoas e isso já me prejudicou muito.

Aí vão mais dois selinhos que ganhei da minha florsinha do coração Luna




Este blog traz as as seguintes perguntinhas:

Quais sao as três coisas que te aprisionam, mas você ama ser aprisionado por elas?
- Bem, assim como a Luna respondeu eu também não gosto da sensação de me sentir aprisionado, fica parecendo que você está fazendoalgo por obrigação. Mas, como toda regra tem uma exceção, as três coisas são: Internet, família e estudos.
- Quais sao as três coisas ruins que te aprisionam?
Medo...
-Quais sao as três coisas que te aprisionam, você gosta, mas morre de vergonha de assumir?
... Deixa quieto, rsrsrs

E este outro da amada Giovane (amei minha flor...)


Flores... ainda faltam os memês, mas não tenho tempo. Próximo post eu continuo...
Bjo bjo bjo

domingo, 20 de setembro de 2009

Ele se foi...mas continuou comigo.

Ele se foi...longe dos olhos mas bem perto, aliás, dentro do meu coração.
Deixando uma saudade incalculável, um vazio inexplicável e uma vontade absurda de tê-lo aqui comigo.
Eu sabia que isso tinha que acontecer, mas não sabia que o tamanho desse "vazio" seria tão grande.
Foram momentos inesquecíveis, tudo aconteceu de uma forma mil vezes melhor do que a esperada, como diz a letra de uma música:
"Se no telefone é bom imagine aqui bem perto, eu sentindo o seu calor..."
É...Foi muito melhor...poucos dias mas de uma intensidade sem igual.
Hoje eu sei o quanto preciso de você ao meu lado.
E minha resposta é SIM.
Você sabe o que estou querendo dizer...

Fiz esse vídeo (não é aqueleeee vídeo) mas tem um significado muito especial para mim. Apenas para registrar alguns dos lindos momentos que fui tão feliz ao lado dele.
Semana que vem atualizarei todos os presentinhos das minhas flores..
BjO*

video

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

15 de Setembro!


Obrigada Senhor...
Todos os dias te agradeço por mais um dia...
e nesse dia te agradeço por mais um ano.
Te agradeço por toda providência na minha vida, por tudo que me concedeste e me negaste (hoje eu sei que foi para o meu melhor).
Então, entrego minha vida inteiramente a Ti, pois tenho certeza de que segura ela estará.
Obrigada por seres o meu porto seguro...
Obrigada pelos "anjos" que colocaste na minha vida, em especial minha família, meus amigos, (até mesmo os virtuais) e por outra pessoa que preparaste com tanta afeiçao para trazer alegria ao meu coração...

Enfim, só tenho a te agradeçer, só te peço para que eu continue a ter tantos motivos para continuar agradecendo, presente melhor não haverá de ter.

P.S. Estou em falta, selinhos e brincadeiras para atualizar, mas é que estou em semana de provas e em semana de despedida de meu peste ;(
Mas vou atualizar tudinho, obrigada meninas, vcs são un amores!!!

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

"Campanha Post Roubado"

Minha amiga Tânia do blog Cotidiano, me indicou pra essa campanha/brincadeira, que eu achei o máximo, assim, a gente faz a propaganda dos blogs amigos, rsrs e mostra pra eles que realmente gostamos dos que eles publicam.

Infelizmente a campanha permite escolher apenas 3 blogs, mas saibam que adoro todos os que fazem parte dos meus "favoritos."

Vejam como funciona:

"É como aquelas brincadeiras de selos, mas a diferença é que você vai selecionar três blogs que gosta muito e acompanha e roubar um post de cada um deles, aquele post que teve um significado pra você, que você se identificou ou simplesmente que tenha curtido, pra publicar no seu. Logo, os blogueiros que foram "vitimizados" ao terem roubadas suas genialidades, farão o mesmo e darão prosseguimento."Então, continuando com a brincadeira...


Fran do blog delitando. (agora blog Faz de Conta)

Ah, hoje vou ser sincera meu povo [/não que nos outros dias eu não seja]! Sempre falo de feminismo, que nós mulheres não precisamos de homens para sermos independentes e essa coisa toda. Mas no fundo, no fundo, nós queremos mesmo é alguém pra dormir protegida no peito, alguém que seja só nosso e não tenha medo de declarar isso. E nem é medo de ficar pra titia não. É vontade de sentir aquela coisinha misteriosa de "é esse!". Como será sentir isso? Eu sempre sinto que "pode ser esse, ou talvez com algumas mudancinhas possa ser esse ou talvez se ele quisesse, poderia ser esse...". Não, isso tá errado. Quero sentir que "é esse". Dizem que materializar os sonhos escrevendo ajuda, então lá vai: quero olhos nos olhos, eu te amo e muita sacanagem, quero encosto de ombro cheiroso, ser carregada no colo, casa colorida, cachorro no pátio. Quero Laura Pausininuma noite chuvosa e ter de um lado um livrinho na cabeceira da cama e do outro o homem que amo. Quero pagode com churrasco e as famílias reunidas. Quero ter certeza, ali no fundo da alma dele, de que ele me ama. Quero que ele saia correndo quando meu peito amargurado precisar de riso. Que ele esqueça, de vez em quando, seu lado egoísta, e lembre do meu. Que saiba respeitar a minha liberdade e me abandone só para eu sentir saudades. Que a gente brigue de ciúmes, porque ciúme faz parte da paixão, e que faça as pazes rapidamente, porque paz faz parte do amor. Quero ser lembrada em horários malucos, todos os horários, pra sempre. Quero ser criança, mulher, homem, et, megera, maluca e, ainda assim, olhada com total reconhecimento de território. Quero foto brega na sala, com duas crianças enfeitando nossa moldura. Quero o sobrenome dele, o suor dele, a alma dele, o dinheiro dele (brincadeira...). Que ele me ame como a minha mãe, que seja mais forte que o meu pai, que seja a família que escolhi pra sempre. Quero que ele passe a mão na minha cabeça quando eu for sincera em minhas desculpas e que ele me ignore quando eu tentar enrolá-lo em minhas maldades. Quero que ele me torne uma pessoa melhor, que me faça comer peixe apimentado sem medo e sem cara de nojo, respeite meus dias de sensibilidade, minhas esquisitices depressivas e morra de rir com minhas palhaçadas. Que seja lindo de uma beleza sem maldades e que tenha um beijo que não desgaste com a rotina. Tem que gostar de crianças, de animais, da minha família e tem que odiar ver pessoas procurando comida no lixo. Tem que ser irônico, ser calmo, porém macho (ou seja, não explodir por nada, mas também não calar por tudo). Tem que ser meio artista, mas também ter que saber cuidar dos meus problemas burocráticos. Tem que amar tudo o que eu escrevo e me olhar com aquela cara de "essa mulher é única". É mais ou menos isso. Achou muito? Claro que não precisa ser exatamente assim, tintim por tintim. Sendo inteligente e de bom humor já tá de bom tamanho. E quando eu tiver tudo isso e uma menina boba e invejosa me olhar e pensar que "aquela instituição feliz não passa de uma união solitária de aparências" vou ter pena desse coração solitário que ainda não encontrou o verdadeiro amor.

Renovação da Esperança...Blog da Sil pensamentosdasil.
"Ás vezes olhamos para nossa vida e parece que somos como árvores. Passamos por estações, todos nós. Estações em que as folhas estão verdes, os frutos estão tão bonitos, as flores!...Quando chega o inverno, olhamos para a árvore e nos dá uma tristeza. Parece que acabou, parece que morreu. - Onde está a beleza da árvore? Aonde está a sua vida? Será que há esperança para esta árvore seca?.Há esperança da próxima estação. Há esperança da primavera... E ela vai chegar. Com a suas flores, com os seus frutos, com a sua beleza. Por que a vida permanece no interior da árvore, e não importa a estação, não importa a seca. Há esperança...Não importa qual seja a estação que esteja passando a sua vida. Seja você rico, seja você pobre, seja você jovem ou velho, seja você quem for. Há esperança pra você! Por que cada palavra que Deus proferiu a seu respeito, e que talvez no momento você procura e não encontra, você olha e não vê; creia, a vida está no interior, a vida está dentro de você! E todas as promessas de Deus elas se cumprirão no seu tempo, no tempo determinado.O Inverno é triste, é difícil. Ah! Como é difícil esperar pela concretização de um sonho tão esperado.. aquele sonho que você já até esqueceu... Mas creia na primavera, creia que ela vai chegar... Espera no Senhor. Agrada-te no Senhor e Ele considerará os desejos do teu coração.Ah, como é difícil esperar... mas a palavra de vida já foi liberada, e ela está dentro de nós e ela florescerá...Ah! Promessas do Senhor. Promessas do Senhor dentro de você, elas existem, elas estão aí. Os sonhos de Deus jamais se frustrarão. E você olha e pergunta:- Pai! Está tão seco. Acho que não vou conseguir... Senhor onde estás? Onde estão as tuas promessas? Senhor, eu não tenho para onde ir, a não ser para o teu Colo meu Pai. E esperar em Ti, esperar em ti... esperar em ti Senhor!.. esperar em Ti.Nós esperamos a Primavera. Esperamos, esperamos...esperamos...E ela vai chegar!"
Separação risosememoriask.
Separar... Ficar longe... Foi à única solução para eles. Romper os laços de afeto, companheirismo e ficar de vez distante do amor. Ela o amava tanto... E me lembro bem dos olhos cheios de lágrimas quando disse: Será melhor assim? Esquecer tudo que vivemos... As tardes de domingo esparramados no chão assistindo aos nossos filmes preferidos... Nossos risos, o medo não dividirá comigo? Vai sempre ser assim? E o frio que irei sentir! Se tuas mãos não estarão a me envolver? Diga-me será assim mesmo? Não posso acreditar que tudo que sonhamos um dia irá se dissolver como quando a gente enche a mão de areia e ela vai caindo devagarzinho... Ele revelou um olhar tristonho aqueles de cortar o coração. Deu-lhe um abraço e continuou a afirmar: Não poderemos fugir da separação meu amor... Ela é inevitável. Meu amor! Ela lembra bem da primeira vez em que a chamou assim... Estavam sentados no terraço da casa dela e entre abraços e beijos ele se referiu a ela com essas duas palavras doces. Eles continuavam abraçados quando as lembranças na cabeça de cada um os fizeram viajar por alguns minutos... Lembra amor da primeira vez que nos vimos? Lembro sim era uma tarde de sol quente quando fomos apresentados... Tarde que nunca mais esqueci. Nossa! O olhar que lançou para mim envolveu meu coração tão sozinho. Eu que me encantei por seu sorriso largo, meio bobo... Bobo? Não era bobo. Acho que já estava apaixonado por você. E daquela crise de ciúmes? Nossa como você pôde ter ciúmes daquele menino... Ele era tão feio. Feio? Era sim. Não era! Ta bom não vamos mais falar nele. Eram muitas as lembranças que cada um guardava consigo. Era a despedida, era um novo tempo! Tempo de cada um buscar novos horizontes, novos caminhos... Na verdade eles queriam ouvir um do outro "acorde, estamos nos perdendo, vamos mudar, mas juntos". “Em cada um em seu íntimo, sentirão a solidão e o vazio do que não mais existe, existirá o "eu" e não mais o "nós", quem sabe neste momento poderá de novo valorizar e desejar o "juntos" ao "sozinho", o "falar" ao "calar", "partilhar" ao "dividir", a "paz" a "briga", "espiritualidade" ao "poder e dinheiro", "humildade" ao "orgulho", o "diálogo" ao "silêncio", a "proximidade" a "distância". Tudo irá mudar... As mãos dadas... Eles então se despediram com um beijo doce na boca... no fundo tinham esperança de que eles estariam juntos novamente... Qualquer dia...Qualquer hora...

Selinho!


Mais um selinho \O/

Ganhei da Fran do blog delitando....que agora se chama: Faz de Conta...adoro o blog dela, ow menina danada pra escrever bem viu...me identifico demais com os textos dela, parece até que está escrevendo para mim, rsrs
EDITANDO
Sem saber, ganhei esse mesmo selinho da minha florzinha linda, Luna. A indicação continua também, viu? Mais uma vez obrigada por lembrar de mim.
Indico para:
http://pensamentosdasil.blogspot.com/


quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Enfim se encontraram [parte 2]




Agora namorados...de verdade, como tem que ser, como tanto esperaram acontecer...
Com direito a tudo que eles sempre sonharam desde que começaram a se apaixonar um pelo outro. E está sendo tão perfeito, tão intenso...muito mais do que eles poderiam imaginar.
Enfim, chega o sábado...seria um final de semana só para eles.
Como estavam felizes! Descobriram ainda mais um ao outro e melhor, como se identificam...
Uma sintonia nunca sentida por eles.
Cada gesto dele a deixa mais apaixonada, feliz e sortuda por tê-lo em sua vida.
As demonstrações públicas de afeto sempre a deixaram encantada e nisso ele se supera, pois não teme em mostrar onde e a quem quer que seja o seu amor por ela, que se sente tão protegida quando está ao lado dele.
O que dói é saber que a cada dia que se passa, é menos um dia perto dela. Eles preferem não falar desse detalhe, mas volta e meia chegam a lembrar que isso vai acontecer e a sensação de vazio penetra no coração da menina linda (como ele costuma chamá-la) e logo vem consolá-la, dizendo que voltará ou a levará para onde ele for, porque esse amor não pode ser perdido, ele acredita firmemente em destino e que ele os uniu.
Esse será o último final de semana juntos. Ela vai conhecer a família dele, onde enfim tudo estará ainda mais concretizado (se é assim que se pode dizer), porque para eles não precisa de mais nada...
Ele agora é dela.
Ela agora é dele.
Da forma mais linda, pura e real...

sábado, 5 de setembro de 2009

Momento Clarice e Eu...

É tão difícil falar e dizer coisas que não podem ser
ditas. É tão silencioso. Como traduzir o silêncio do
encontro real entre nós dois? Dificílimo contar. Olhei pra você fixamente por instantes. Tais momentos são meu segredo. Houve o que se chama de comunhão perfeita.
Eu chamo isto de estado agudo de felicidade.

Clarice Lispector


Próximo post eu continuo a história do post: Enfim se encontraram...É que eu não podia esquecer de Clarice, que fala tanto por mim.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Enfim se encontraram...


Eis que chega terça-feira. Dia programado para ele chegar na terrinha dela, mas primeiro ir para casa da família dele, em outra cidade, (mas no mesmo estado). O dia deles seria no sábado, pois a correria do dia a dia dela não facilitava.
Ao chegar no destino que o levaria para sua casa ele liga, diz a ela que pegaria o ônibus para ir embora. Eis que ela sente uma vontade enorme de vê-lo, mas se conteve, pois já estava tudo combinado. Uma hora depois ele liga novamente, ela ia começar a se arrumar para ir para faculdade, quando então ele diz:
-Estou indo para João Pessoa.
Quase que ela tem um troço, o garoto enlouqueceu...mas ela ficou tão feliz...apesar de ser pega de surpresa.
Uma hora antes do previsto ela chega na rodoviária, com os nervos a flor da pele não tirava os olhos do espelho, sentava e levantava, andou por tantos lugares daquele lugar que nem sabia que existia. Telefone toca, a hora tava se aproximando. FOI ENGANO! Ah...o coração dela disparou ainda mais, as mãos suavam, gelavam, as pernas não paravam de balançar, tremer, frio absurdo na barriga...
Eis que são 21:10. O celular toca novamente, dessa vez não tinha como errar, o toque era da música deles (era ele).
-Onde você está?
-Estou aqui te esperando.
-Onde que eu não estou te vendo? Ambos perguntaram.
Ele em frente ao portão de desembarque e ela o aguardando em frente ao de embarque. kkkkk, foi um surto, da pra entender né? (Mentira, ela não sabia que aquele era só de embarque, rsrs)
Mas não podia ter sido melhor, pois no momento que estavam se comunicando, querendo saber a cor da roupa e o local estratégico para o tão esperado encontro, eis que os dois dão de cara um com o outro, ainda com o celular no ouvido, onde as vozes se encontraram definitivamente no mesmo instante.
Sim, eles se encontraram. Como uma cena de filme ou de novela.
Ao caminhar sem direção dão de cara com o outro. E não podia ter sido mais perfeito, mais intenso e mais embriagado de paixão...
O abraço mais gostoso que ela recebeu. O beijo tinha gosto de VONTADE, as mãos se encaixaram perfeitamente. Ele parecia não acreditar que aquilo tudo era real, pois não parava de olhar para ela, que ficou tão encabulada...ela o beliscou, queria ter certeza de que realmente era ele que estava alí.
E os dois se abraçaram mais, se beijaram mais e sairam de mãos dadas, como verdadeiros namorados...

Continuação dessa historia real (e minha) no póximo post.

BjO*

E tem mais selinhos...


Ganhei esse selinho super fofo da minha florzinha Luna do blog palavrasdeluna.
Obrigada amiga. Você é muito especial para mim.
As regras são essas:
"1.Oferecer o selo momento para um(a) amigo(a) e que ele(ela) poste o msm ;
2.Faça uma unica pergunta ( desde que nao deixe a pessoa em saia ou calça justa heim ? rs);
3.Linkar quem te ofereceu e avisar a(o) amiga(o) que vc o presenteou com este momento."
Então, vou começar respondendo a pergunta que minha flor fez:
Florzinha, quais as tuas principais expectativas para o tão sonhado encontro?
Ai Luna, se essa pergunta tivesse sido feita na terça-feira antes das 21:00hs eu te responderia o seguinte:
As principais expectativas são: confirmar se tudo aquilo que tanto sonhamos seria exatamente da mesma forma (beijo, abraço, pegar na mão, etc...).
E a principal é ter a certeza absoluta de que o que ele diz sentir por mim continuará depois desse encontro.
Então, repasso agora o selo para Tânia, do blog missuniversoproprio.
A perguntinha é:
Amiga, qual vai ser o teu agir daqui pra frente, depois desse turbilhão de sentimentos vividos à um tempo atraz?
Um xero Luninha...
Pra você também Tânia...





Ganhei um selinho super fofo *-* A DONA DESSE BLOG É SHOW
da Desi, do blog sintonias.
Obrigada querida, você é um amor...adoro seus comentários no meu blog.

BjO* pra você!



Ofereço então para:

Fran do blog delitando.

Sil do blog pensamentosdasil.

Luna (flor) do blog palavrasdeluna.


terça-feira, 1 de setembro de 2009

.Prova de amor!


Ele acabou de me ligar.
Foi a ligação mais linda, estranha, inquieta, imaginável, suspirante e...
Não consigo mais descrever.

Todos os dias por essas horas ele me liga e é sempre a mesma coisa. Ora estou voltando para o trabalho, ora ele está saindo do trabalho, e nesse intervalo de tempo, esse assunto nunca faltou:


Não vejo a hora de te ver, te encontrar...(e continua os planos)


Hoje foi diferente, com poucas palavras me disseste o suficiente para acreditar ainda mais nos teus e nos meus sentimentos:


- Liguei pra avisar que estou pegando a avião... Eu te amo!


Preciso dizer mais alguma coisa? Não conseguí responder a essas palavras, só confirmar que também o amo...(acho que agora até mais).

Essa é a prova de amor mais linda (e pode até ser a única) que já recebí.

Nem sei mais o que estou escrevendo, não consigo concentrar minhas mãos nesse teclado, estou com o pensamento completamente voltado a ELE.



-Estou te esperando!

Momento Clarice e Eu....

A lucidez perigosa
Estou sentindo uma clareza tão grande
que me anula como pessoa atual e comum:
é uma lucidez vazia, como explicar?
assim como um cálculo matemático perfeito
do qual, no entanto, não se precise.
Estou por assim dizer
vendo claramente o vazio.
E nem entendo aquilo que entendo:
pois estou infinitamente maior que eu mesma,
e não me alcanço.
Além do que:
que faço dessa lucidez?
Sei também que esta minha lucidez
pode-se tornar o inferno humano
- já me aconteceu antes.
Clarice Lispector
Os dias passam e o medo vem chegando...