sábado, 15 de agosto de 2009

Clarice fala por mim...

Não estou passando por isso no momento, mas passei sim, aliás, quem nunca passou né? Então, passando pelos blogs amigos me deparei com um e fiquei sem palavras para comentar, daí resolví postar esse texto perfeito de Clarice Lispector que fala tudo (como eu sempre digo, Clarice fala por mim). Por experiência própria, vai passar, tenha plena certeza disso.

Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada. Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue;outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho...o de mais nada fazer.

Clarice Lispector

5 comentários:

Silvia Gonçalves disse...

Ah Sil..........

Agradeço imensamente o texto e a compreensão do que está acontecendo comigo...

É isto que tenho fixado em meus pensamentos... se não há mais nada a fazer... vou torcer para que um dia aconteça... um dia eu possa ser amada do mesmo jeito que amo... por quem eu amo... afinal, não há nada melhor do que estar ao lado de quem se ama...

Mil e um beijos de agradecimento a sua amizade!!!

Fran disse...

Querida que pena você não conseguir postar o selo!
Esse texto é perfeeito! Amo²

Beeijo!

***MissUniversoPróprio*** disse...

Texto maravilhoso... e completamente verdadeiro...

obrigada pelo coment lá no meu blog, e pela explicação de como postar os selinhos. ;) Posto logo que puder.

=*

Luna Sanchez disse...

Isso, apenas deixar acontecer. Não tem como fazer brotar um sentimento, ele vem só se quiser.

Beijos, florzinha. Boa semana!

ℓυηα

Luna Sanchez disse...

Saudades de ti, flor...

Dois beijos de quarta.

ℓυηα