quinta-feira, 10 de setembro de 2009

"Campanha Post Roubado"

Minha amiga Tânia do blog Cotidiano, me indicou pra essa campanha/brincadeira, que eu achei o máximo, assim, a gente faz a propaganda dos blogs amigos, rsrs e mostra pra eles que realmente gostamos dos que eles publicam.

Infelizmente a campanha permite escolher apenas 3 blogs, mas saibam que adoro todos os que fazem parte dos meus "favoritos."

Vejam como funciona:

"É como aquelas brincadeiras de selos, mas a diferença é que você vai selecionar três blogs que gosta muito e acompanha e roubar um post de cada um deles, aquele post que teve um significado pra você, que você se identificou ou simplesmente que tenha curtido, pra publicar no seu. Logo, os blogueiros que foram "vitimizados" ao terem roubadas suas genialidades, farão o mesmo e darão prosseguimento."Então, continuando com a brincadeira...


Fran do blog delitando. (agora blog Faz de Conta)

Ah, hoje vou ser sincera meu povo [/não que nos outros dias eu não seja]! Sempre falo de feminismo, que nós mulheres não precisamos de homens para sermos independentes e essa coisa toda. Mas no fundo, no fundo, nós queremos mesmo é alguém pra dormir protegida no peito, alguém que seja só nosso e não tenha medo de declarar isso. E nem é medo de ficar pra titia não. É vontade de sentir aquela coisinha misteriosa de "é esse!". Como será sentir isso? Eu sempre sinto que "pode ser esse, ou talvez com algumas mudancinhas possa ser esse ou talvez se ele quisesse, poderia ser esse...". Não, isso tá errado. Quero sentir que "é esse". Dizem que materializar os sonhos escrevendo ajuda, então lá vai: quero olhos nos olhos, eu te amo e muita sacanagem, quero encosto de ombro cheiroso, ser carregada no colo, casa colorida, cachorro no pátio. Quero Laura Pausininuma noite chuvosa e ter de um lado um livrinho na cabeceira da cama e do outro o homem que amo. Quero pagode com churrasco e as famílias reunidas. Quero ter certeza, ali no fundo da alma dele, de que ele me ama. Quero que ele saia correndo quando meu peito amargurado precisar de riso. Que ele esqueça, de vez em quando, seu lado egoísta, e lembre do meu. Que saiba respeitar a minha liberdade e me abandone só para eu sentir saudades. Que a gente brigue de ciúmes, porque ciúme faz parte da paixão, e que faça as pazes rapidamente, porque paz faz parte do amor. Quero ser lembrada em horários malucos, todos os horários, pra sempre. Quero ser criança, mulher, homem, et, megera, maluca e, ainda assim, olhada com total reconhecimento de território. Quero foto brega na sala, com duas crianças enfeitando nossa moldura. Quero o sobrenome dele, o suor dele, a alma dele, o dinheiro dele (brincadeira...). Que ele me ame como a minha mãe, que seja mais forte que o meu pai, que seja a família que escolhi pra sempre. Quero que ele passe a mão na minha cabeça quando eu for sincera em minhas desculpas e que ele me ignore quando eu tentar enrolá-lo em minhas maldades. Quero que ele me torne uma pessoa melhor, que me faça comer peixe apimentado sem medo e sem cara de nojo, respeite meus dias de sensibilidade, minhas esquisitices depressivas e morra de rir com minhas palhaçadas. Que seja lindo de uma beleza sem maldades e que tenha um beijo que não desgaste com a rotina. Tem que gostar de crianças, de animais, da minha família e tem que odiar ver pessoas procurando comida no lixo. Tem que ser irônico, ser calmo, porém macho (ou seja, não explodir por nada, mas também não calar por tudo). Tem que ser meio artista, mas também ter que saber cuidar dos meus problemas burocráticos. Tem que amar tudo o que eu escrevo e me olhar com aquela cara de "essa mulher é única". É mais ou menos isso. Achou muito? Claro que não precisa ser exatamente assim, tintim por tintim. Sendo inteligente e de bom humor já tá de bom tamanho. E quando eu tiver tudo isso e uma menina boba e invejosa me olhar e pensar que "aquela instituição feliz não passa de uma união solitária de aparências" vou ter pena desse coração solitário que ainda não encontrou o verdadeiro amor.

Renovação da Esperança...Blog da Sil pensamentosdasil.
"Ás vezes olhamos para nossa vida e parece que somos como árvores. Passamos por estações, todos nós. Estações em que as folhas estão verdes, os frutos estão tão bonitos, as flores!...Quando chega o inverno, olhamos para a árvore e nos dá uma tristeza. Parece que acabou, parece que morreu. - Onde está a beleza da árvore? Aonde está a sua vida? Será que há esperança para esta árvore seca?.Há esperança da próxima estação. Há esperança da primavera... E ela vai chegar. Com a suas flores, com os seus frutos, com a sua beleza. Por que a vida permanece no interior da árvore, e não importa a estação, não importa a seca. Há esperança...Não importa qual seja a estação que esteja passando a sua vida. Seja você rico, seja você pobre, seja você jovem ou velho, seja você quem for. Há esperança pra você! Por que cada palavra que Deus proferiu a seu respeito, e que talvez no momento você procura e não encontra, você olha e não vê; creia, a vida está no interior, a vida está dentro de você! E todas as promessas de Deus elas se cumprirão no seu tempo, no tempo determinado.O Inverno é triste, é difícil. Ah! Como é difícil esperar pela concretização de um sonho tão esperado.. aquele sonho que você já até esqueceu... Mas creia na primavera, creia que ela vai chegar... Espera no Senhor. Agrada-te no Senhor e Ele considerará os desejos do teu coração.Ah, como é difícil esperar... mas a palavra de vida já foi liberada, e ela está dentro de nós e ela florescerá...Ah! Promessas do Senhor. Promessas do Senhor dentro de você, elas existem, elas estão aí. Os sonhos de Deus jamais se frustrarão. E você olha e pergunta:- Pai! Está tão seco. Acho que não vou conseguir... Senhor onde estás? Onde estão as tuas promessas? Senhor, eu não tenho para onde ir, a não ser para o teu Colo meu Pai. E esperar em Ti, esperar em ti... esperar em ti Senhor!.. esperar em Ti.Nós esperamos a Primavera. Esperamos, esperamos...esperamos...E ela vai chegar!"
Separação risosememoriask.
Separar... Ficar longe... Foi à única solução para eles. Romper os laços de afeto, companheirismo e ficar de vez distante do amor. Ela o amava tanto... E me lembro bem dos olhos cheios de lágrimas quando disse: Será melhor assim? Esquecer tudo que vivemos... As tardes de domingo esparramados no chão assistindo aos nossos filmes preferidos... Nossos risos, o medo não dividirá comigo? Vai sempre ser assim? E o frio que irei sentir! Se tuas mãos não estarão a me envolver? Diga-me será assim mesmo? Não posso acreditar que tudo que sonhamos um dia irá se dissolver como quando a gente enche a mão de areia e ela vai caindo devagarzinho... Ele revelou um olhar tristonho aqueles de cortar o coração. Deu-lhe um abraço e continuou a afirmar: Não poderemos fugir da separação meu amor... Ela é inevitável. Meu amor! Ela lembra bem da primeira vez em que a chamou assim... Estavam sentados no terraço da casa dela e entre abraços e beijos ele se referiu a ela com essas duas palavras doces. Eles continuavam abraçados quando as lembranças na cabeça de cada um os fizeram viajar por alguns minutos... Lembra amor da primeira vez que nos vimos? Lembro sim era uma tarde de sol quente quando fomos apresentados... Tarde que nunca mais esqueci. Nossa! O olhar que lançou para mim envolveu meu coração tão sozinho. Eu que me encantei por seu sorriso largo, meio bobo... Bobo? Não era bobo. Acho que já estava apaixonado por você. E daquela crise de ciúmes? Nossa como você pôde ter ciúmes daquele menino... Ele era tão feio. Feio? Era sim. Não era! Ta bom não vamos mais falar nele. Eram muitas as lembranças que cada um guardava consigo. Era a despedida, era um novo tempo! Tempo de cada um buscar novos horizontes, novos caminhos... Na verdade eles queriam ouvir um do outro "acorde, estamos nos perdendo, vamos mudar, mas juntos". “Em cada um em seu íntimo, sentirão a solidão e o vazio do que não mais existe, existirá o "eu" e não mais o "nós", quem sabe neste momento poderá de novo valorizar e desejar o "juntos" ao "sozinho", o "falar" ao "calar", "partilhar" ao "dividir", a "paz" a "briga", "espiritualidade" ao "poder e dinheiro", "humildade" ao "orgulho", o "diálogo" ao "silêncio", a "proximidade" a "distância". Tudo irá mudar... As mãos dadas... Eles então se despediram com um beijo doce na boca... no fundo tinham esperança de que eles estariam juntos novamente... Qualquer dia...Qualquer hora...

11 comentários:

Silvia Gonçalves disse...

Oi linda...

Adorei a idéia...
Em breve farei.. no fds tá.. pq esta semana estou em curso.. e o dia e noite estão curtinhos pra mim....

Muito obrigada pela lembrança tá...

Só um detalhe... serei obrigada a lhe referenciar.. não vai ter jeito..r.s..

Bjos...

Silvia Gonçalves disse...

Florzinha..

Pra mim.. Missão dada é missão cumprida..kkk

Pediu tá pedido... e eu prontamente atendi com muito carinho viu...

Espero que goste...

http://musicasdia.blogspot.com/2009/09/nada-normal.html

Bjos

Karlla Faby disse...

RSRSRS

Olha só !!!
ADOREI
BEIJOSSSSSSSSSS
FLOR

Luna Sanchez disse...

Querida,

Muito boa a escolha dos textos, gostei. ^^

Trouxe um pacote de selos pra ti, flor do meu coração :

http://coleccion-recuerdo.blogspot.com/2009/09/o.html

e

http://coleccion-recuerdo.blogspot.com/2009/09/esse-blog-tambem-e-cultura.html

Espero que goste.

Beijos, dois, de sexta.

ℓυηα

* E o fds, será romântico, hein? Rs

Silvia Gonçalves disse...

Ops...

Só dá eu nestes comentários..rs.rs..

Fazer o que né.r.s.r.s.

Flor, não precisa agradecer não.. espero que realmente tenha gostado... fiz com carinho oh...

;)

Bjos e bom fds.. que eu já sei que será bom demais né..

Fran disse...

Amada muito obrigada :)
Tem uma brincadeira pra ti lá no blog

Beeijos!

Ágatha Alves disse...

Nossa que legal essa bricandeira...
Hummmm..

Perdi 2 posts seu oxente rsrs...
MAs o post Enfim se encontraram [parte 2], achei lindo, é muito bom sentir esse amor intenso mesmo com a distancia.
Muito lindo

beijos beijos

Déia disse...

Adorei!

Tem selinho pra vc no divã. bj

Luna Sanchez disse...

Passando pra deixar beijo de sábado, florzinha! ^^

ℓυηα

Silvia Gonçalves disse...

Não disse que ia te clicar de qualquer jeito...

Confira: http://pensamentosdasil.blogspot.com/2009/09/brincadeiras-serias.html

Bjos

Fran disse...

Amada, tem selinho pra ti lá no blog [selo 'esse blog tem cultura'] :)